quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Cuba (2)

"Existe democracia suficiente para mudar o que quer que seja a nivel de assembleias locais." xatoo















"em Cuba elegem-se todos os seus dirigentes políticos da base ao topo" João Valente Aguiar.

Urge postar algo sobre o assunto, antes que a democracia em Cuba se oficialize na blogosfera. Essa coisa que é a "democracia" cubana é feita com candidatos independentes porque em Cuba não há direito de associação, excepto para o Partido Comunista Cubano que catapulta os seus candidatos através dos Comités de Defensa de la Revolución, que não só servem os propósitos da fachada eleitoral, como têm rédea solta para malhar nos dissidentes.

E mesmo que independentes eleitos por uma maioria descontente com o regime cheguem ao poder legislativo, será que podem mudar alguma coisa? Não podem! porque a Constituição limita:

A liberdade de escolha de um modelo económico por parte dos cidadãos

Artigo 1: “Cuba es un Estado socialista de trabajadores”

A liberdade de associação contrária aos fins socialistas

Artigo 7:”El Estado socialista cubano reconoce y estimula a las organizaciones de masas y sociales, surgidas en el proceso histórico de las luchas de nuestro pueblo, que agrupan en su seno a distintos sectores de la población, representan sus intereses específicos y los incorporan a las tareas de la edificación, consolidación y defensa de la sociedad socialista.”

A imparcialidade na formação

Artigo 39: “3. promover la educación patriótica y la formación comunista de las nuevas generaciones y la preparación de los niños, jóvenes y adultos para la vida social.”

A liberdade de expressão

Artigo 53: “Se reconoce a los ciudadanos libertad de palabra y prensa conforme a los fines de la sociedad socialista.”

Em suma, há uma ditadura em Cuba, e não vale a pena relativizar.

1 comentário:

Zé Ninguém disse...

Muito a propósito!Desculpe e queira passar a publicidade mas a sua participação faz falta aqui!

http://absolutamenteninguem.blogspot.com/2007/08/esquerdalhas-e-faschizoides-5.html

Grato